buy spy app
android spy txt
spy soft
spy text
cialis for sale
viagra mexico

enem2018

Formação médica, mercado de trabalho e assistência à saúde no Brasil. Estes são os três eixos temáticos que devem conduzir os debates no XIII Encontro Nacional das Entidades Médicas (ENEM), a ser realizado nos dias 29 e 30 de maio, em Brasília (DF). Os últimos preparativos, entre eles a definição da programação e a formulação do regimento interno do evento, estiveram na pauta de abril da Comissão Nacional Pró-SUS, que reúne representantes do Conselho Federal de Medicina (CFM), da Associação Médica Brasileira (AMB), da Federação Nacional dos Médicos (Fenam) e da Federação Médica Brasileira (FMB).
Durante os dois dias de evento, que acontecerá no auditório da Associação Médica de Brasília (AMBr), são esperadas cerca de 500 pessoas, entre delegados estaduais, representantes dos Conselhos Regionais de Medicina, sindicatos e associações médicas, sociedades de especialidades e outras lideranças da área. Após a avaliação do atual cenário da saúde no País, a partir dos eixos pré-definidos, os participantes reunirão em um documento único as principais conclusões do Encontro.
"Esperamos promover nestes dias um debate consistente sobre as necessidades e as prioridades da população e dos médicos, indicando, ao final do evento, ações fundamentais para manter a obediência às diretrizes e aos princípios constitucionais que regulam a assistência nas redes pública, suplementar e privada no Brasil", destacou o presidente do CFM, Carlos Vital. Segundo ele, o relatório final será encaminhado às autoridades e também aos candidatos a cargos eletivos nas Eleições Gerais de 2018. O objetivo é contribuir com a formulação de iniciativas de defesa da saúde e da medicina em todo o território nacional.
O presidente da Fenam, Jorge Darze, vê no Encontro uma das principais oportunidades do movimento médico brasileiro de apresentar às futuras autoridades do País as pautas prioritárias da categoria. "O resultado do ENEM será um instrumento da luta médica no Brasil e também ajudará aos nossos colegas médicos que irão tentar uma vaga no Congresso Nacional. Na atual crise em que o país vive, com sérias repercussões na assistência de nossa população, agredindo o trabalho médico, não existe outro caminho que possa resultar em vitórias, que não passe obrigatoriamente pela unidade na luta", destacou.
Na mesma linha de raciocínio, o presidente da FMB, Waldir Araújo Cardoso, defendeu a realização do evento e garantiu que a representação sindical está empenhada para que o ENEM 2018 seja um sucesso. "Nosso País está sendo passado a limpo neste ano eleitoral. Os médicos brasileiros vão dar sua contribuição em documento oriundo dos debates do ENEM, daí sua extrema importância. Se queremos – e precisamos da mudança – temos que nos apresentar para o debate e proposições", disse Cardoso.

Para Lincoln Lopes Ferreira, presidente da AMB, historicamente a união das entidades médicas tem sido fundamental para obter conquistas importantes, "como a moratória das escolas de medicina e o decreto das especialidades". Mas, segundo ele, ainda é preciso alinhar outras questões relevantes, como o Revalida e a criação do exame nacional obrigatório de proficiência. "O Enem é um momento especial para debatermos esses e outros temas e definirmos estratégias para garantir dignidade ao médico e à medicina, assim como uma saúde de qualidade para a população".
Principais temas – A programação do evento ainda está em fase de formulação, mas os eixos temáticos já indicam que a situação do aparelho formador de futuros médicos será um dos pontos centrais dos debates. Atualmente, há 314 escolas médicas no Brasil, que oferecem um total de quase 29 mil vagas apenas no primeiro ano de curso. Além do excesso de escolas, dentre os problemas que preocupam as lideranças estão a insuficiência dos ambientes de práticas e os sistemas de avaliação dos estudantes e de acreditação das escolas médicas.
Outros temas que devem se destacar no programa é a necessidade de adoção de uma política de financiamento adequado do Sistema Único de Saúde (SUS); a inserção do médico no mercado de trabalho; a criação de uma carreira de estado para o médico que atua no SUS; os problemas decorrentes da precarização dos contratos de trabalho; e o fim dos abusos das operadoras de planos de saúde.

Confira os eixos do XIII ENEM 2018:

1. Formação Médica
Graduação
Pós-Graduação
Exames de Avaliação para o Exercício Profissional

2. Mercado de Trabalho do Médico
Prestação de Trabalho no SUS
Como o Mais Médicos Impacta o Mercado de Trabalho?
Sistema Suplementar de Saúde

3. Assistência Médica à Saúde no Brasil
Modelos de Gestão de Sistemas de Saúde;
Financiamento
ANS e a Assistência Médica

Programação Preliminar


XIII Encontro Nacional das Entidades Médicas (ENEM)

Local: Associação Médica de Brasília (AMBr), SCES Trecho 3, Brasília, DF

DIA 29.05.2018


MANHÃ

08h00 – Credenciamento
08h30 - Mesa de Abertura:
Carlos Vital Tavares Corrêa Lima – Presidente do CFM
Sen. Eunício Oliveira – Presidente Senado Federal
Dep. Rodrigo Maia – Presidente da Câmara dos Deputados
Lincoln Lopes Ferreira – Presidente AMB
Waldir Araújo Cardoso – Presidente FMB
Jorge Sale Darze – Presidente FENAM
Donizetti Giamberardino – Conselheiro Federal e Coordenador da Comissão Nacional Pró-SUS


09h15 às 10h00 – EIXO 1: Formação Médica
Moderador: Mauro Luiz de Britto Ribeiro – Vice-Presidente CFM
Secretário: Maria José Martins Maldonado - AMB
Relatoria: Leonardo Sérvio Luz – Conselheiro Federal CFM


SUBTEMAS:
09h15 às 09h30 - Graduação
Apresentador: Lúcio Flávio Gonzaga Silva – Conselheiro Federal CFM
09h30 às 09h45 - Pós-Graduação
Apresentador: Diogo Leite Sampaio - AMB
09h45 às 10h00 - Exames de Avaliação para o Exercício Profissional
Apresentador: Adhemar Dias de Figueiredo Neto – Presidente do Sindicato dos Médicos de Governador Valadares, integra a CNRM
10h00 às 12h30 – Plenária de Delegados do ENEM

TARDE

14h00 às 14h45 – EIXO 2: Mercado de Trabalho do Médico
Moderador: Jorge Sale Darze – Presidente da FENAM
Secretário: Waldir Araújo Cardoso – Presidente da FMB
Relatoria: Alceu José Peixoto Pimentel – Conselheiro Federal Suplente do CFM

SUBTEMAS:
14h00 às 14h15 – Como o Mais Médicos Impacta o Mercado de Trabalho?
Apresentador: Otávio Marambaia dos Santos – Membro da Comissão Nacional Pró-SUS - CFM

14h15 às 14h30 – Sistema Suplementar de Saúde
Apresentador: Miyuki Goto - Coordenadora da CBHPM da AMB

14h30 às 14h45 - Prestação de Trabalho no SUS
Apresentador: Carlos Edson Martins da Silva – Vice-Presidente da Academia
Brasileira de Medicina Militar - FENAM

14h45 às 17h00 – Plenária de Delegados do ENEM

DIA 30.05.2018

MANHÃ


09h00 às 09h45 – EIXO 3: Assistência Médica à Saúde no Brasil
Moderador: Márcio Silva Fortini - AMB
Secretário: Sidnei Ferreira – Conselheiro Federal CFM
Relatoria: José Fernando Maia Vinagre – Conselheiro Federal CFM


SUBTEMAS:

09h00 às 09h15 - ANS e a Assistência Médica
Apresentador: Emilio Cesar Zilli - AMB

09h15 às 09h30 - Financiamento
Apresentador: Salomão Rodrigues Filho – Conselheiro Federal CFM

09h30 às 09h45 - Modelos de Gestão de Sistemas de Saúde
Apresentador: Eduardo Santana - Ex-Presidente do Sindicato dos MédicosGoias, Ex-secretário geral da CONFEMEL- FMB

09h45 às 12h00 – Plenária com Delegados do ENEM


TARDE


13h30 às 17h00 – Plenária Final

Moderador: Donizetti Dimer Giamberardino Filho – Coordenador da ComissãoNacional Pró-SUS - CFM

Secretário: Jorge Sale Darze, Waldir Araújo Cardoso, José Luiz Dantas Mestrinho

Relatoria: Equipe
17h00 às 17h30 - Encerramento
Relatoria evento.

Seguem abaixo os valores das hospedagens para o período de 28/05 a 31/05/2018:

Hotel Nacional

Athos Bulcão

Bristol

Carlton

Ibis Styles aeroporto

Manhattan

Windsor Plaza Asa Sul

Windsor Plaza Asa Norte

Diária R$ 220 - single R$ 250 -duplo+10% Diária 2ª a 5ª R$ 247 + 15% Diária R$ 242 + 10% Diária R$ 230 + 10% Diária R$ 219 +15% +R$3) Diária R$ 260 + 10% Diária R$ 343+15% Diária R$ 326+15%