buy spy app
android spy txt
spy soft
spy text
cialis for sale
viagra mexico

 

CFM debate implantação de prontuários eletrônicos e segurança no armazenamento de informações

 

O Conselho Federal de Medicina (CFM) promoveu, no dia 8 de agosto, o I Fórum de Prontuário Eletrônico. No evento, profissionais da medicina e da informática debateram a implementação de prontuários eletrônicos e a segurança no armazenamento das informações, além dos desafios da implantação do sistema no país.

Após a abertura, com a participação do presidente do CFM, Carlos Vital, e do coordenador da Câmara Técnica de Informática e Saúde do CFM, Aldemir Humberto Soares, foram realizadas as palestras "Privacidade e Confidencialidade de Dados" e "Certificação Digital". A primeira foi ministrada pelo presidente do CFM, Carlos Vital, enquanto a segunda ficou a cargo de Ruy Ramos, assessor especial do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), autarquia federal que mantém e executa as políticas de Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (IBP-Brasil).

O coordenador da Câmara de Informática em Saúde destaca a importância do encontro: "o prontuário eletrônico encontra-se amplamente difundido no Brasil e rapidamente deve substituir o de papel. O fórum é o momento ideal para discussão sobre os parâmetros necessários que tragam garantias de uso adequado, de confidencialidade e de segurança aos médicos, mas, principalmente aos pacientes", ressalta Aldemir Soares. Ainda pela manhã, foram realizadas a conferência "Política de Compartilhamento de Informações", ministrada pela presidente da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS), Beatriz de Faria Leão, e Rodrigo Queiroga, administrador de Sistemas de Informações e associado da entidade.

No período da tarde, as atividades começaram com a mesa redonda "O acesso ao prontuário", coordenada pelo conselheiro federal Donizetti Dimer Giamberardino Filho, além das conferências sobre uso secundário do prontuário eletrônico, que teve como palestrantes o médico e padre Aníbal Gil Lopes, representando o CFM, além da apresentação sobre diretrizes de acesso ao prontuário, pelo vice-corregedor do CFM, José Albertino Souza.

Dando sequência ao evento, Joaquim José Fernandes da Costa Junior, do Departamento de Monitoramento e Avaliação do SUS, do Ministério da Saúde, apresentou a conferência sobre a informatização das Unidades Básicas de Saúde brasileiras. O evento foi encerrado com um debate entre os participantes do encontro, coordenado pelo corregedor do CFM, José Fernando Maia Vinagre.

Confira imagens em:

https://www.flickr.com/photos/cfmimprensa/albums/72157687349629995